Arquivo da categoria: brasil

Balmain e sua história até o atual fenômeno Olivier Rousteing

A Maison Balmain, foi fundada em 1945, por Pierre Balmain, depois de trabalhar com Lucien Lelong e Molyneax, a Maison atendia ao público de extremo luxo da época.

1965 - Pierre Balmain por Reg Lancaster

1965 – Pierre Balmain por Reg Lancaster

Formado em arquitetura, Balmain costuma dizer que “criar roupas é a arquitetura do movimento”.
Pierre lançou saias acinturadas e compridas, criou roupas que chegaram a ser luxuosas demais o que atraiu admiradores da nobreza, Balmain tornou-se estilista exclusivo da Rainha Sirikit da Tailândia e vestiu diversas celebridades como Brigitte Bardot, Marlene Dietrich, Katherine e Audrey Hepburn.

Brigitte Bardor usando um modelo criado por Pierre Balmain

Brigitte Bardor usando um modelo criado por Pierre Balmain

1960 - Rainha Sirikit usando Balmain

1960 – Rainha Sirikit usando Balmain

Foi o pioneiro do prêt-à-porter, conseguiu adaptar a silhueta francesa de suas roupas para as americanas, onde abriu filiais em 1951, foi figurinista de 16 filmes e chegou até a criar uniformes para aeromoças.
Pierre sempre utilizou cores claras, peles nas extremidades das roupas, e marcou seu estilo com estolas e paletós por cima de vestidos justos.

1951 - Jeanine Holland e Pierre Balmain

1951 – Jeanine Holland e Pierre Balmain

   Ao que essa história de celebridades, marca luxuosa, holofotes se assemelha? Ao atual estilista de sua Maison.
Após a sua morte, em 1982, a Balmain passou por Erik Mortensen, seu braço direito, Oscar de la Renta por 12 anos e Christophe Decarnin de 2002 até 2011 até chegar nas mãos do atual diretor criativo: Olivier Rousteing.
   Chegamos ao foco: Olivier Rousteing.
Francês, jovem, adotado, negro, lindo, facilmente confundido com algum modelo nas diversas selfies suas que circulam com suas celebridades, amigas preferidas.

Olivier Rousteing

Olivier Rousteing

Fenômeno, talvez este seja o adjetivo adequado para Rousteing que fez da Maison Balmain e suas roupas motivo de desejo mundial, além de promover um auto-marketing incrível em seu trabalho desde 2011.
Formado pela ESMOD em 2003, começou a sua carreira como assistente de designer na Roberto Cavalli, tendo de se mudar para Itália, onde ficou por seis anos até voltar para Paris como assistente de Decarnin.
De acordo com o próprio Rousteing o seu período como assistente na Cavalli, o ensinou a ser comercial, ‘a Cavalli é um império enorme, onde você tem tudo o que quer em poucos dias’, disse Olivier. Além do comercial, a moda italiana o ensinou a ser arrojado e reativo, sobre ter de fazer muitas coleções por ano, porém que não aprendeu sobre bom gosto, Rousteing não aprovava o que Roberto Cavalli fazia, gostava mais do passado da marca.
Em 2009 Rousteing entrou para a Balmain e com 25 anos em 2011 ele assumiu a marca, como diretor-criativo.

Primeira coleção de Rousting como diretor criativo da marca, Spring Summer 2012, Olivier mixou o estilo mexicano com o glamour de Vegas

Primeira coleção de Rousting como diretor criativo da marca, Spring Summer 2012, Olivier mixou o estilo mexicano com o glamour de Vegas

Suas amizades com a realeza Holyoodiana o ajudaram a ter o status de “designer que todos querem na discagem rápida”, pessoas de fora da industria fashion começaram a prestar atenção nele, graças a sua proximidade com Kim Kardashian e Kanye West, que inclusive estrelaram uma campanha da Balmain no ano passado e sempre estão presentes na “front row” de seus desfiles.

Intitulada como

Intitulada como “Balmain Love” a campanha de menswear foi estrelada pelo casal West

Além da relação com o casal West, Rousteing tem uma proximidade com o outro lado da família: as Jenners, que também vieram a estrelar sua campanha das irmãs supermodels: Kendall, Kylie, Gigi, Bella Hadid junto com Erika e Joan Smalls.

Campanha Outono Inverno 2015 - Sisters Campaign

Campanha Outono Inverno 2015 – Sisters Campaign

Todo esse marketing que os novos rostos da grife, fora as supermodels do momento além das Victoria’s Secret Angels, Cara Delevinge, Joan Smalls, Jourdan Dunn, fez com que toda garota quisesse fazer parte do chamado “Balmain Army”. É incontável a lista de celebridades que vestem as criações de Olivier Rousteing podemos citar algumas: Jennifer Lopez, Beyoncé, Rihanna – amiga pessoal de Olivier – e Jane Fonda.
Olivier chegou a um patamar que talvez só podemos comparar com o fenômeno que Gisele é para as modelos e Testino para os fotógrafos de moda – na atualidade.

Ele sempre tem os nomes mais cobiçados desfilando em seus desfiles, depois de brilhar na semana de moda de Paris, com o desfile aberto pela brasileira Carol Ribeiro, foi a vez da sua coleção para a H&M, a colaboração mais esperada do ano “Balmain x H&M” e mais uma vez sua “army” estava completa no desfile em Nova York.


Como grande parte das roupas da Balmain, sua linha para a H&M não poderia ser diferente, muitos bordados, pérolas, o estilo que Rousteing trouxe para a Balmain, fora a sua pegada asiática em diversos bordados e estampas, porém com o mesmo ar sexy e rock de sempre.

Coleção cápsula Balmain para H&M

Coleção cápsula Balmain para H&M

Balmain x H&M

Balmain x H&M

Balmain x H&M

Balmain x H&M

Com todas as suas amizades, influências e talento indiscutível, Olivier Rousteing, assim como seus clientes, celebridades e amigos possui uma legião de 1,5 milhões de seguidores no intagram. Já a Maison para a qual trabalha possui impressionantes 2,6 milhões, fazendo da Balmain a número um das casas francesas em seguidores, sendo a única a ultrapassar o um milhão.
O talento de Rousteing é gigantesco como designer, mas é inegável o seu poder de marketing pessoal e marketing para a marca, obviamente isso fez o faturamento da maison aumentar desde que ocupou o cargo de diretor criativo e assim será enquanto Rousteing manter seu ciclo super exclusivo e feeling incrível.

1 comentário

Arquivado em alta costura, brasil, campanhas, celebridades, comércio online, desfiles, desfiles internacionais, estilista

Oscar Niemeyer: um forte legado do Brasil

Nascido em 15 de dezembro de 1907, morreu nesta última quarta-feira (05.12), dez dias antes de completar 105 anos, Oscar Niemeyer, o arquiteto mais influente na arquitetura moderna.

OscarNiemeyer2012b

Mestre em desenhar curvas no concreto, Niemeyer introduziu sua arte nas grandes cidades a partir da década de 1930.

Responsável pelo projeto da capital do país, Brasília, entre muitos e muitos outros de extrema importância no Brasil e no mundo, ele nos deixa um forte legado e inspira, além dos profissionais de arquitetura, como também designers, estilistas e grifes de moda ao redor do mundo.

Brasília, 1957

Brasília, 1957

Pedro Lourenço, por exemplo, fez sua estréia em 2010, aos 19 anos, na Semana de Moda de Paris com uma coleção inspirada no consagrado arquiteto. A Calvin Klein, sob o comando do brasileiro Francisco Costa, traz em sua coleção verão 2012 desfilada em Nova York o estilo sofisticado e o minimalismo ousado de Niemeyer.

Primeiro desfile de Pedro Lourenço em Paris outono-inverno 2010-11inspirado no edifício Copan de Niemeyer / Verão 2012 da Calvin Klein Collection inspirada no arquiteto

Primeiro desfile de Pedro Lourenço em Paris outono-inverno 2010-11inspirado no edifício Copan de Niemeyer / Verão 2012 da Calvin Klein Collection inspirada no arquiteto

Apresentando seu outono-inverno 2007, a Forum traz uma coleção com recortes geométricos inspirada no próprio arquiteto, Oscar Niemeyer. Em Belo Horizonte, a marca Vivaz trouxe para a edição verão 2013 do Minas Trend Preview uma coleção repleta de linhas e geometria, ressaltando as curvas femininas.

Oscar Niemeyer Forum inverno 2007

Forum inverno 2007

Campanha da Forum limpa o Congresso desenhado por Oscar Niemeyer

Campanha da Forum limpa o Congresso desenhado por Oscar Niemeyer

Vivaz Verão 2013

Vivaz Verão 2013

Christian Louboutin, um dos nomes mais influentes e importantes do mundo da moda e do sapato, se inspirou em Oscar Niemeyer ao projetar sua flagship em Brasília.

Uma das últimas aparições de Oscar Niemeyer na moda foi uma homenagem da Converse em forma de linha especial de tênis com frases famosas do arquiteto em forma de estampa.

Linha especial da Converse em homenagem a Oscar Niemeyer

Linha especial da Converse em homenagem a Oscar Niemeyer

Uma infinidade de grandes nomes da moda se inspiram neste grande artista que foi Oscar Niemeyer.

E não podemos deixar de citar novamente a campanha da bolsa Lady Dior, clicada na sede do Partido Comunista Francês, projetada por Oscar Niemeyer.

Campanha Dior na sede do Partido Comunista Francês

Campanha Dior na sede do Partido Comunista Francês

E, é claro, no trabalho de lançamento de cartela de cores da Intexco/Brisa Inverno 2012, que teve como tema de sua arquitetura, realizado pela Penso Moda. Oscar Niemeyer foi um grande inspirador deste trabalho, ligando com coerência a arquitetura à moda.

Cartela de cores Intexco/Brisa Inverno 2012

Cartela de cores Intexco/Brisa Inverno 2012

Suas influencias na moda não são poucos! Suas obras inspiram coleções no Brasil e em outras capitais da moda, entre jovens talentos e velhos mestres.

Assim como a Bossa Nova e Carmen Miranda, ele era um dos ícones prontos para quem precisava citar o Brasil em qualquer área de criação.

Entre as suas principais obras e criações estão:

Ministério da Educação e Saúde, 1936, Rio de Janeiro

Ministério da Educação e Saúde, 1936, Rio de Janeiro

Conjunto da Pampulha, 1940, Belo Horizonte

Conjunto da Pampulha, 1940, Belo Horizonte

Sede das Nações Unidas (ONU), 1947, Nova York

Sede das Nações Unidas (ONU), 1947, Nova York

Ibirapuera, 1951, São Paulo

Ibirapuera, 1951, São Paulo

Casa das Canoas, 1952, Rio de Janeiro

Casa das Canoas, 1952, Rio de Janeiro

Sede do Partido Comunista Francês, 1965, Paris

Sede do Partido Comunista Francês, 1965, Paris

Passarela do Samba, 1983, Rio de Janeiro

Passarela do Samba, 1983, Rio de Janeiro

Museu de Arte Contemporânea, 1991, Niterói

Museu de Arte Contemporânea, 1991, Niterói

13. Museu Oscar Niemeyer, 2001, Curitiba

Museu Oscar Niemeyer, 2001, Curitiba

Centro Administrativo de Minas Gerais, 2003

Centro Administrativo de Minas Gerais, 2003

Deixe um comentário

Arquivado em arquitetura, brasil, história, inspiração, moda

Fashion´s Night Out 2012

O Fashion´s Night Out é um evento de compras de moda promovido pela revista Vogue em várias cidades do mundo, com muita música, celebridades, fashionistas, formadores de opinião, informação de moda e diversão em torno de uma grande festa exclusiva que a Vogue oferece.

Esta ação foi criada por Anna Wintour, editora-chefe da Vogue America, em 2009 como um gesto de incentivo ao consumo nos Estados Unidos num ano que enfrentava as conseqüências dramáticas (desemprego, caos imobiliário, falência de empresas) da crise econômica iniciada em 2008, combatendo a recessão e celebrando a força da indústria fashion.

O Fashion´s Night Out é um dos maiores eventos de moda mundial e tem como principal objetivo reacender o mercado em sintonia com o que os parceiros estão disponibilizando em suas novas coleções nos pontos de venda em uma noite de compras e glamour.

Esse ano o evento, realizado pela Vogue, acontecerá no dia 10 de setembro em São Paulo e no dia 12 de setembro no Rio de Janeiro. Nova York, Paris, Xangai, Seoul e mais 14 outras cidades-chave do mundo, também participam.

No Brasil Carol Trentini é a madrinha oficial do Fashion’s Night Out 2012. A supermodel, ao lado de Daniela Falcão, diretora de redação da Vogue, mais Donata Meirelles, diretora de estilo da revista, vai abrir em grande estilo as comemorações do FNO.

Outro ponto alto do evento é a venda de camisetas com a coruja Owlie, símbolo do FNO 2012, estampada. Toda a renda das camisetas será doada a ONGs.

As lojas ficarão abertas até meia noite e os parceiros que participarão do FNO 2012 são:

Em São Paulo:
Shopping Cidade Jardim
Pátio Higienópolis
Rua Oscar Freire

No Rio de Janeiro:
Shopping Leblon
Fashion Mall

3 Comentários

Arquivado em brasil, evento, fashion´s night out

Olímpiadas 2012 – uniformes do Brasil em Londres

O Comitê Olímpico Brasileiro (COB) apresentou recentemente os uniformes que serão utilizados pela delegação brasileira nos Jogos Olímpicos de Londres que iniciarão neste mês de julho.

A equipe de designers da Nike foi responsável pela criação das peças que serão usadas na Vila Olímpica, na viagem, no pódio e nas competições de 18 modalidades.

Peça que será usada pelos atletas na entrega de medalhas

“É uma enorme alegria ter este contrato com uma das maiores empresas do mundo de material esportivo. Nike e COB se uniram para oferecer o que há de melhor para os nossos atletas em 2012 e 2016”, afirmou Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB.

Para o diretor geral da Nike do Brasil, Cristian Corsi, é um orgulho muito grande fazer parte da família do Time Brasil e equipar da melhor forma possível os atletas brasileiros.

Nike em parceria com a COB até 2016

Já para a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos 2012, quem assina os looks é a estilista Eliza Conde.

Em malha de algodão orgânico, os atletas irão vestir um blazer azul, camisa branca e echarpe de batik verde e amarela. Os homens usarão calça e as mulheres saia lápis, ambas na cor verde, acompanhando as cores da bandeira do Brasil.

Croquis de Eliza Conde dos looks de cerimônia de abertura

Para o presidente do COB o uniforme traz charme, despojamento e um forte conceito de brasilidade.

Deixe um comentário

Arquivado em brasil, olímpiadas

Miu Miu: marca inaugura loja no Brasil e divulga fotos da campanha inverno 2013

A Miu Miu abriu suas portas, em clima discreto, nesta quinta-feira (12.07) no shopping JK Iguatemi, o mais novo shopping de luxo de São Paulo.

Com215 m² em bege, dourado e marrom, a flagship tem projeto assinado pelo italiano Roberto Baciocchi, que cuida de todas as lojas da marca de Miuccia Prada, e chega com a coleção de inverno 2013 – que tem a atriz Chloë Sevigny como garota-propaganda.

Para receber os clientes e consumidores brasileiros, a Miu Miu posicionou manequins na entrada da loja com looks vindos diretamente do desfile do desfile da coleção inverno 2013, apresentada em Milão.

Levando em conta que o cliente Miu Miu que consome o ready-to-wear da marca costuma comprar uma peça nova a cada 15 dias, a loja deve receber novidades a cada duas semanas, estilo fast fashion, porém de luxo.

Alguns itens foram feitos exclusivamente para a loja brasileira, como a versão da já famosa sandália de glitter com salto de acrílico com cristais (R$ 2.680).

Mas as bolsas são a principal aposta da marca na loja brasileira. Em seguida a linha de bijoux, novidade que tem ganhado importância na marca.

A equipe internacional assume um esforço para adequar os preços, uma das grandes preocupações para o mercado brasileiro.

A campanha da coleção inverno 2013 da Miu Miu já está aparecendo por aí e em breve estampando as páginas das principais revistas internacionais, mostrando detalhes da coleção, calçados e bolsas.

 

1 comentário

Arquivado em brasil, campanhas, inverno 2013, marcas de luxo

SPFW e Fashion Rio – semanas de moda brasileira tem datas definidas até 2013

Como já falamos aqui, o calendário de moda brasileiro teve alguns ajustes e alterações e este ano, 2012, o Brasil terá três temporadas de moda, totalizando três edições do SPFW e três edições do Fashion Rio. Além disso, os desfiles acontecerão em apenas três dias.

As datas da terceira edição e das edições de 2013 já foram divulgadas. A temporada brasileira passa a acontecer na seqüência da semana de moda de Paris:

OUTONO/INVERNO 2013

SPFW 29 a 31 de outubro de 2012
Fashion Rio 7 a 9 de novembro de 2012
Rio-à-Porter 7 a 9 de novembro de 2012

PRIMAVERA/VERÃO 2013/ 2014
SPFW 14 a 18 de março de 2013
Fashion Rio 22 a 26 de março de 2013
Rio-à-Porter 25 a 27 de março de 2013

OUTONO/INVERNO 2014
Fashion Rio 15 a 19 de outubro de 2013
Rio-à-Porter 15 a 18 de outubro de 2013
SPFW 28 de outubro a 1º de novembro de 2013

 

Deixe um comentário

Arquivado em brasil, Fashion Rio, SPFW

Como os brasileiros gastam

A revista Istoé de março trouxe uma matéria sobre o consumo no Brasil e como os brasileiros estão gastando o seu dinheiro.

Em 2012 o consumo das famílias brasileiras deve crescer 13,5%, alta comparável ao desempenho de um país como a China.

Hoje o Brasil é campeão de vendas em diversos setores. Em nenhum outro lugar o comércio de celulares e tevês de telas finas, exemplos de produtos que demandam tecnologia de ponta, cresce tão rápido.

Isso ocorre devido ao enriquecimento da população. Os brasileiros não estão apenas comprando mais, estão gastando com qualidade. A classe média, responsável por 80% do consumo das famílias, trocou carros 1.0 por veículos mais potentes, frango por carne nobre.

O amadurecimento da economia brasileira foi possível graças à três fatores: o crescimento continuado, a redução da desigualdade e a expressiva geração de empregos com carteira assinada.

É fácil comprovar a mudança no país: de 2003 a 2011 a renda média do brasileiro cresceu 33%. Neste período nove milhões de pessoas passaram a integrar as classes A e B, já a classe C ganhou quarenta milhões de novos integrantes.

Foi formada uma nova classe média no país. E até as novelas estão mostrando isso claramente, quem passa a ter mais dinheiro passa a gastar mais em artigos de luxo, jóias, roupas e sapatos de grife.

Projeta-se para o futuro próximo, uma classe A/B composta por impressionantes 30 milhões de pessoas que terão dinheiro suficiente para comprar carros melhores, se vestir melhor, viajar para o Exterior, investir em produtos de alta tecnologia, comer bem. De certa forma isso vem acontecendo.

A maior transformação do consumo brasileiro, porém, é a busca pela qualidade. As famílias brasileiras de comprar apenas o básico e estão ingressando em categorias de maior valor agregado.

No mapa do consumo brasileiro, a classe B está praticamente empatada com a classe C, respondendo por 38% das compras efetuadas no Brasil. Conclusão: a classe B tem mais dinheiro, mas a classe C está mais disposta a gastar. A classe A é representada pela minoria dos domicílios no país (2,6%). Enquanto o salário dessas famílias corresponde a 23,7% da renda nacional, apenas 16,2% dessa renda é convertida em bens de consumo. A explicação para a existência de mais dinheiro do que consumo é que os ricos concentram suas ambições em investimentos monetários.

Para especialistas, o Brasil está perto de atingir o grau de satisfação em que, mais do se estressar para pagar as contas, o que move as pessoas são os planos de consumo imediato – desfrutar de um restaurante sofisticado, construir uma casa, viajar para o exterior.

Deixe um comentário

Arquivado em brasil