O que ninguém esperava: Raf Simons deixa a Maison Christian Dior

Raf Simons - Exits Dior

  Chegou ao fim a parceria de Raf Simons com a Dior, depois de três anos e meio de sucesso e modernidade para a maison, Raf Simons decidiu se desligar da Dior, por razões pessoais, a coleção Primavera-Verçao 2016, apresentada no pátio do Louvre, foi sua última.
A separação foi amigável para os dois lados, após a marca e o designer não chegarem a um consenso para um novo contrato, sucessor de Raf Simons ainda será escolhido, com a saída Raf Simons declarou, “Depois de um período de consideração e cuidado, eu decidi deixar minha posição como diretor criativo da coleção feminina da Christian Dior. É uma decisão baseada inteiramente no meu desejo de focar em outros interesses da minha vida, incluindo minha própria marca, e as paixões que me levam para fora do meu trabalho. Christian Dior é uma empresa extraordinária, e tem sido um privilégio imenso escrever algumas páginas desse magnifico livro. Eu quero agradecer ao Sr. Bernard Arnault pela confiança que ele depositou em mim, me dando a grande oportunidade de trabalhar nessa casa maravilhosa cercada pela mais incrível equipe que eu poderia sonhar em ter. Eu também tive no último ano a chance de ser beneficiado com a liderança de Sidney Toledano. O seu pensamento, feeling e administração inspiradora irão me lembrar como uma das mais importantes experiências da minha carreira profissional.”
Em resposta, Bernard Aranult, chairman e chefe executivo do grupo LVMH Moet Hennessy e Sidney Toledano, CEO da Dior Couture, disseram que “reconhecem a decisão de Raf Simons, e sinceramente o agradecem pela sua contribuição excepcional para a casa.”
Quando foi contratado em 2012 depois de cinco anos na Jil Sander, a Dior colocou Simons como um dos grandes talentos atuais, que iria lançar o icônico estilo Dior no século 21. Em seus 3 anos e meio na Christian Dior, foi permitido que Simon colocasse a sua preferência para o minimalismo e futurismo, uma reviravolta no retro glamuroso que Galliano implantou em torno de 15 anos na casa. Raf Simons fez com que a grife aumentasse suas vendas em 60%, a decisão do estilista já havia sido tomada mesmo antes do último desfile da Dior no dia 2 de outubro, mas até agora o CEO, Toledano e Arnault, estavam tentando Simons a mudar de idéia.
A pergunta é: Quem será o próximo designer a frente de uma das marcas mais importantes de todos os tempos?

Dior Spring-Summer 16

Dior Spring-Summer 16

Raf Simons final do desfile Dior Spring-Summer 16

Raf Simons final do desfile Dior Spring-Summer 16

Anúncios

1 comentário

Arquivado em alta costura, desfiles internacionais, designers, moda

Uma resposta para “O que ninguém esperava: Raf Simons deixa a Maison Christian Dior

  1. ricovilasboas@ig.com.br

    ok!

    obrigado!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s