REPETTO CHEGA AO BRASIL

Com DNA ligado à dança e ao balé e produção 100% feito na França, a Repetto tornou-se ícone do luxo artesanal francês. A marca, que foi fundada em 1947 por Rose Repetto, já conquistou os pés de estrelas como Brigitte Bardot, Serge Gainsbourg, Kate Moss, Vanessa Paradis e Jennifer Aniston.

repetto

Comprada em 1999 por Jean Marc Gaucher, ex-executivo da Reebok, a grife alçou voo para além de sua famosa loja da Rue de la Paix, em Paris, e atualmente possui mais de sessenta lojas na Europa e na Ásia. A produção, de cerca de 3.500 pares de sapato por dia, continua sendo na mesma fábrica na região de Dordogne construídapor Rose Repetto.

loja-repetto-inauguracao-cidade-jardim

O Brasil será o primeiro país da América a receber uma loja da grife, que abriu nesta terça-feira, 18 de junho, no Shopping Cidade Jardim, em São Paulo. Confira uma entrevista com Jean Marc, contando sobre a marca, novas e antigas parcerias e mais:

79

Quais as primeiras mudanças que você fez quando assumiu a Repetto em 1999? “Repetto estava quase falida. Eu queria gerar lucro. Meus objetivos eram os mesmos de hoje: tornar a empresa global, criar peças únicas –  não gosto de copiar outros designers -,  ser líder no mercado de roupas para dança e tornar a Repetto uma marca de luxo.”

A marca já fez coleção-cápsula com alguns estilistas. Qual será a próxima parceria? “A estilista grega Mary Katrantzou. A linha vai estar pronta este mês e estará à venda na Colette em Paris. As sapatilhas vão ser estampadas  e terão a cara da Mary.”

Como foi fazer uma linha com Karl Lagerfeld? “Na época, a Repetto estava falida. Tudo na empresa estava errado. Eu expliquei ao Karl o que eu queria e ele topou. Foi muito fácil, porque ele é um estilista forte.”

Quais são os próximos projetos da Repetto?  “Em setembro vamos abrir nossa primeira loja em Shanghai, na China. Estamos atrás de um espaço em Nova York e temos o projeto de abrir pontos em Cingapura, Malásia, Indonésia e Tailândia. Eventualmente iremos abrir mais lojas no Brasil também.”

Repetto lançou uma linha de roupas em 2012. Vão continuar a investir nessa área? “Sim! Acabamos de lançar nossa segunda coleçãoTemos uma estilista jovem – Emilie Luc-Duc – que entendeu a marca. Não estamos preocupados em ser fashion e vender produtos. Nosso foco é oferecer uma experiência agradável. Quero abrir lojas em que as mulheres possam ouvir música de balé e se transportarem para este universo.”

É a sua primeira vez no Brasil? ”Sim. Eu pretendo explorar a cidade – caminhar pelas ruas, como Oscar Freire, e visitar shoppings. Ontem fui ver os protestos contra o aumento da passagem de ônibus. Gostei de ver que tinha muitos  jovens porque são eles que precisam mudar o mundo.”

O que você acha da moda brasileira? “Parece com o sul da Europa, que tem um estilo tropical. As mulheres adoram mostrar a sua boa forma. Mas diferente das europeias, elas usam mais joias e peças brilhosas. Eu acho que o que importa é que elas se sintam bem.”

O que faz para relaxar? “Quando deixo o escritório, desligo meus dois celulares. Acabei de ver um show do Coldplay. Gosto de ouvir rock, correr com amigos – já fui maratonista –  e  visitar museus – coleciono obras de artistas jovens. Enfim, tenho uma vida normal.”

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Sem categoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s