Arquivo da categoria: celebridades

Carmen Steffens Verão 2012 – Lançamento

Há alguns dias atrás a Carmen Steffens realizou um evento de lançamento da sua coleção verão 2012, em São Paulo, na Rua Oscar Freire, no bairro Jardins.

O tema da coleção é “O céu é o limite” com peças inspiradas na liberdade, fazendo com que as mulheres abusem da criatividade neste verão.

Entre os presentes no evento estava Deborah Secco, a atriz que interpretava Natalie Lamour em Insensato Coração e uma das principais atrações do evento. Deborah tinha nos pés um scarpin Carmen Steffens nude, com salto alto rosa e sola amarela, já da coleção verão 2012, reproduzindo o colorblocking.

Deborah Secco no lançamento Verão 2012 Carmen Steffens

Deborah Secco usava um scarpin nude com salto alto rosa e sola amarela

Deborah Secco - uma das principais atrações do evento

Além de Deborah Secco outros famosos como a atriz Tainá Muller, o ator Júlio Oliveira e a apresentadora Astrid Fontenelle compareceram para prestigiar o evento.

Tainá Muller e Julio Oliveira

Astrid Fontenelle

Na revista Carmen Steffens, feita em parceria com a Vogue, são apresentados os produtos da nova coleção.

O resultado da coleção verão 2012 são três caminhos para atender aos vários momentos de cada mulher. O primeiro, adere ao colorblocking brincando com recortes e pontos de cor estratégicos. O segundo, mais romântico, vem arrematado com laços, bordados e pérolas. E o terceiro, traz uma atmosfera exuberante que abusa do mix de texturas e materiais elaborados.

2 Comentários

Arquivado em calçados, celebridades, verão 2012

O Astro – figurino de Lili personagem interpretada por Alinne Moraes

Capa da revista Marie Claire de agosto, Alinne Moraes, 28 anos, vem se destacando no papel de Lili, sua personagem na macrossérie O Astro exibida na Rede Globo.

Alinne Moraes - capa da revista Marie Claire de agosto

Lili é uma mulher forte, de origem humilde, que persegue os sonhos com garra.

Depois de ser manicure e caixa de supermercado, a bela está trabalhando como taxista e seu anseio em mudar de vida, motiva todas as suas transformações.

 

Alinne Moraes como Lili

Alinnne tenta manter o máximo de distanciamento de suas personagens, mas em entrevista exclusiva para a edição de agosto da revista Marie Claire, conta que passou a ouvir pagode para interpretar Lilli

“Hoje no meu carro só dá pagode (risos). Acho que me ajuda a entrar na energia da personagem”, diz.

“Amo o que faço. É quase sempre uma montanha-russa. Faço a minha parte e quando a montanha-russa deslancha, é uma loucura, uma adrenalina deliciosa”, afirma a atriz.

Sendo uma das atrizes mais talentosas da TV brasileira, Alinne admite demorar em se desligar de um papel, como aconteceu quando deixou de fazer a tetraplégica Luciana, de “Viver a Vida”.

“Cada trabalho é uma tatuagem que vai ficar com a gente para sempre”.

Hoje, um e meio mais tarde e depois de filmar dois longas (Heleno e O Homem do Futuro, previstos para estrear em setembro), gravas duas séries (As Cariocas e Amor em 4 Atos) e fazer uma participação especial na trama das seis, Cordel Encantado, ela voltou a TV como Lili e fazendo o maior sucesso.

E para compor o figurino da personagem, a figurinista Labibe Simão inspirou-se no modo de vestir das meninas da periferia do Rio Janeiro.

Lili é bonita por natureza, chama atenção de todos quando passa, mas não se veste com tal pretensão.

Suas roupas são simples, confortáveis, leves e baratinhas. Calça jeans, jaquetinhas, camisetas, blusas coloridas, peças florais são peças essenciais no seu guarda-roupa, assim como sua inseparável bolsa a tiracolo.

Muitas “Lilis” circulam pelas cidades todos os dias. Jovens batalhadoras, que vivem no subúrbio, ralam o dia todo para ter uma vida digna, mantendo o estilo próprio e alegria de viver.

Deixe um comentário

Arquivado em celebridades, moda novela, novela, televisão

Fina Estampa – a nova novela da Globo e seus figurinos

E mais uma novela começou na Rede Globo nesta segunda-feira (22). Fina Estampa promete ser uma novela muito interessante, principalmente por abordar assuntos da nossa realidade: a aparência ou o caráter, violência doméstica, fertilização in vitro, entre outros.

Griselda, personagem de Lilia Cabral e Tereza Cristina, personagem de Christiane Torloni são as protagonistas da novela.

Lilia Cabral interpreta uma descendente de portugueses que batalha muito para sustentar seus três filhos e seu neto fazendo todos os tipos de concertos, como um “marido de aluguel”. Vaidade não faz parte da personagem, pelo menos até ela ganhar na loteria. Veste-se com um macacão cor asfalto devido ao seu trabalho. Ela representa a verdade e o caráter.

Griselda - interpretada por Lilia Cabral

Lilia Cabral em cena marcante, na qual o filho rejeita a mãe

Já Tereza Cristina, herdeira de toda fortuna dos pais e representante do mundo das aparências, é esnobe e cheia de preconceitos sociais. A socialite se preocupa mais com o luxo do que com qualquer outra coisa. Ela usa muito ouro e pedras preciosas. Usa vestidos longos, saias retas e blusas com bordados, rendas e babados, decotes e frente única. A cartela de cores do figurino da personagem de Christiane Torloni é inspirado em suas jóias, verde esmeralda, vermelho, laranja e azul.

Tereza Cristina interpretada por Christiane Torloni

Tereza Cristina e seu mordomo

Duas mulheres completamente diferentes, que se enfrentarão depois que Griselda (Lilia Cabral) ganhar na loteria e se tornar a nova milionária do Rio de Janeiro.

Outra personagem que promete ganhar atenção é Teodora, interpretada por Carolina Dieckman. Interesseira e mau caráter, Teodora abandonou o ex-marido (filho mais velho de Griselda) e o filho para buscar a sorte nos EUA com Wallace, um lutador de vale tudo.

Por interpretar a namorada de um lutador Carolina teve ficar com o corpo mais definido.

“Tenho feito aulas de muai thay há um mês porque a minha personagem é uma maria-tatame. Além disso, tenho feito ginástica e musculação. Minha alimentação é livre, mas muito saudável.” – diz a atriz.

Carolina Dieckman

Além do corpo mudou também os cabelos, e loiro platinado, inspirado na boneca Barbie, está de volta.

Carolina Dieckman com o cabelo de Teodora

O figurino da personagem Teodora será composto por looks mais apelativos e vulgares, muito decote e comprimentos mini.

“Ela usa roupa de periguete, mas não é do tipo do BBB (Big Brother Brasil) e Mulher Melancia. É uma periguete mais chique, meio Paris Hilton”, comparou a atriz.

Beth Flilipecki, figurinista da novela, explica que cada um dos personagens teve os looks construídos de acordo com a vida e personalidade de cada um. A inspiração foi o estilo de vida carioca, trazendo uma cartela de cores com muito azul como o mar, verde das matas fluminenses, o areia das praias cariocas e peças leves e claras representando o vento. 

Deixe um comentário

Arquivado em celebridades, moda novela, novela, televisão

Avril Lavigne lança moda em desfile em Nova York

A semana de moda de Nova York acaba de ganhar uma nova participante: Avril Lavigne!  A cantora passará a desfilar na Big Apple as coleções de sua marca, Abbey Dawn, com peças de estética roqueira-punk-teen.

O estilo de Avril influencia uma legião de garotas que querem ter a rebeldia do rock, sem perder a graciosidade.

Além de investir no desfile, uma linha masculina também está entre os planos de expansão da marca da cantora.

 

1 comentário

Arquivado em celebridades, negócios de varejo

Victoria Beckham lança nova coleção de bolsas

Victoria Beckham, que acabou de ter sua primeira menina, acaba de lançar os novos modelos da linha de acessórios que acompanham as roupas de sua marca. Entre as novidades, um item causou barulho e está dando o que falar: a bolsa de mão, tipo pasta, feita de couro de crocodilo envernizado, preta, produzida artesanalmente na Itália. Mas tamanho furor não é pelo design, material ou onde é produzida, mas sim pelo valor da bolsa que custa £18 mil libras, ou US$29,608 dólares, ou, aproximadamente, R$47 mil reais.

Ou seja, quase cinco vezes mais que a simples Kelly Bag da Hermès, ícone das bolsas de luxo, e o dobro das também caríssimas bolsas lançadas pelas irmãs Mary Kate e Ashley Olsen.

 

Deixe um comentário

Arquivado em bolsas, celebridades

O casamento de Kim Kardashian

E os casamentos de celebridades não param…

A noiva da vez foi Kim Kardashian. A modelo e socialite americana, nascida em Los Angeles, casou neste sábado (20) com o jogador de basquete Kris Humphries.

A estrela de reality show “Keeping Up With the Kardashian” usou na cerimônia os cabelos presos, um vestido de Vera Wang tomara que caia rendado com uma saia de tule e os sapatos Giuseppe Zanotti. Além de um véu, Kim usou um headband de diamantes.

A cerimônia aconteceu em uma mansão em Montecito, Califórnia e teve 450 convidados. Entre eles estavam a tenista Serena Williams, a atriz Eva Longoria e o namorado Eduardo Cruz (irmão de Penélope Cruz), o apresentador Ryan Seacrest, a atriz Lindsay Lohan e a mãe Dinah, a cantora Ciara, o ator George Lopez, a cantora Demi Lovato, a cantora Mel B, Brody Jenner (filho de Bruce Jenner, padrasto de Kim Kardashian) e a namorada Avril Lavigne.

Kim Kardashian usando um heaband de diamantes

Kourtney e Khloe Kardashian - irmãs de Kim Kardashian

Kylie e Kendall, irmãs mais novas de Kim e ao meio sua mãe Kris Jenner

O traje dos convidados era branco o preto, exigência da noiva.

As irmãs Kourtney e Khloe foram as damas de honra, e as irmãs mais novas, Kendall e Kylie, foram as madrinhas. Mason Disick, de 21 meses, filho de Kourtney Kardashian e Scott Disick, roubou a cena levando as alianças.

Durante a cerimônia Kim Kardashian fez uma homenagem ao seu pai, o advogado Robert Kardashian, moprto em 2003:

“Eu gostaria que o meu pai pudesse estar aqui hoje para me acompanhar até o altar, mas eu sei que de uma forma muito especial ele está aqui entre nós e eu sinto sua presença carinhosa. Eu te amo e sinto muito a sua falta, pai.”

E enquanto o casamento real deu prejuízo aos cofres da Inglaterra, o casamento da “realeza” de Hollywood virou negócio.

O casal Kim Kardashian e Kris Humphries conseguiu lucrar US$18 milhões com o evento. E como isso é possível??

Simples: US$15 milhões pagos ao casal pelo canal de TV E!, o qual exibe o reality show “Keeping up with Kardashian”, para filmar um especial chamado “Kim´s Fairytale: A Kardashian Event”; US$1,5 milhões pagos pela revista People pela exclusividade das fotos do casamento e ainda acrescentaram US$300 mil para anunciar o noivado do casal e a revista OK! deu US$100 mil pela publicação das fotos do chá de panela.

 

 

Deixe um comentário

Arquivado em celebridades, mundo

O fenômeno Natalie Lamour

Deborah Secco deu o que falar ao interpretar a personagem Natalie Lamour na novela Insensato Coração, exibida pela Rede Globo e que teve seu último capitulo na sexta-feira (19).

Aos 31 anos, Deborah ostenta o corpo mais falado, mais invejado e desejado da nação.

E foi por conta deste corpão que Natalie Lamour, no último capítulo da novela, recebeu o convite para se candidatar a deputada federal. Vestindo um tailleur rosa pink e, claro, uma mini saia da mesma cor, ela aprece em seu comício.

A gente tem que deixar a sociedade brasileira em forma! O governo precisa entrar em um regime bafônico! Se eu for eleita, faço uma drenagem linfática na corrupção! Comigo! ‘Pra descascar o abacaxi, vote em Natalie’

Com o apoio da população, Natalie vence nas eleições e é eleita deputada federal e um pouco mais discreta, mas sem abrir mão do comprimento mini, aparece com um vestido nude e preto e cabelo preso.

A personagem ingênua, periguete e divertida teve o seu final feliz.

O aguardado plano de vingança movido pela enfermeira Norma contra o vilão Léo foi uma decepção e sobrou para o furacão Natalie fazer com que o ibope subisse e deu certo, hein?! As mocinhas, hoje, são consideradas chatinhas, nota-se que a protagonista Paola Oliveira não fez tanto sucesso quanto Deborah Secco em sua personagem.

Mas e a Deborah Secco?! Aos 19 anos de idade teve que tomar a decisão de deixar o pudor e a moral em casa e se jogar por inteiro em suas personagens, após tentar gravar dez vezes sua primeira cena de sexo e ouvir do diretor Daniel Filho “grave direito ou repense o que você quer da vida”.

A partir daí, tanto no cinema quanto na televisão, soube interpretar (e muito bem) qualquer tipo feminino que atiça a imaginação dos brasileiros: a periguete, versão contemporânea e menos comprometedora das mulheres sensuais que buscam vencer na vida por meios fáceis. O filme Bruna Surfistinha, no qual ela interpreta uma garota de programa, levou mais de 2 milhões de pessoas às salas de exibição.

A façanha de Deborah Secco é que suas personagens pairam acima das periguetes mortais. Tanto Natalie quanto Darlene, a manicure deslumbrada de Celebridades, de 2003, são criaturas meio ingênuas e de boa índole em corpo de mulherão e isso, sem dúvida, conquista o público.

Deborah Secco interpretando Darlene na novela Celebridade em 2003

E Deborah Secco, com seu carisma, dá a essas garotas fúteis uma doçura irresistível.

A atriz não tem medo de mudar a cada personagem. Para encarnar Bruna Surfistinha, submeteu-se a um regime de engorda ganhando 12 quilos. Mas sua obra máxima foi Natalie. Deborah mergulhou em uma rotina radical por um ano e sete meses. “Não tenho essa forma física por prazer. É resultado de trabalho e planejamento”, diz a atriz.

Deborah Secco no filme Bruna Surfistinha

De acordo com a pesquisa MídiaB, Deborah Secco foi a celebridade nacional mais comentada entre janeiro e julho e o mais impressionante é que, das 828 reportagens a seu respeito, 99,5% eram de teor positivo, tudo isso graças a Natalie Lamour.

Hoje, Deborah Secco é considerada estrela de primeiro time na Globo, com salário mensal na casa dos 60000 reais, valor que dobra – ou seja, vai 120000 reais –  quando ela está com algum trabalho no ar. Já no mercado de publicidade seu cachê para uma campanha nacional é estimado em 400000 reais.

E aqui se encerra mais uma personagem de sucesso que vai ficar marcado na história da televisão.

Deixe um comentário

Arquivado em celebridades, novela

Marc Jacobs: possível substituto de John Galliano na Dior

Em julho, os rumores de que Bernard Arnault, CEO do grupo LVMH (conglomerado de luxo que possui o rótulo de marcas como Christian Dior, Louis Vuitton, Marc Jacobs, Céline, Givenchy entre outras) e Marc Jacobs estavam em negociações sobre o trabalho na Dior surgiram em um site de moda brasileiro: “Os dois reuniram-se muitas vezes nas últimas semanas para discutir o assunto.” – fonte não identificada pelo site.

Nesta segunda-feira (22) o “Women´s Wear Daily” (WWD), jornal especializado na cobertura da indústria da moda e fonte extremamente confiável, dá alguma veracidade às fofocas ditas há um tempo atrás.

Os boatos e burburinhos de que Marc Jacobs (diretor criativo da Louis Vuitton desde 1997, além das grifes com o seu próprio nome) pode ocupar em breve o posto deixado por John Galliano na Dior desde março após ser acusado de ter tido um comportamento antissemita podem acontecer.

Marc Jacobs

O estilista britânico John Galliano ocupava o posto de diretor criativo da grife francesa Dior desde 1996. De acordo com a revista “The Economist”, a Dior faturou US$ 29 bilhões em 2010. Galliano contribuiu com 4% desse faturamento geral. Já a Louis Vuitton teve um aumento nas vendas de 17% no primeiro trimestre deste ano em relação a 2010.

John Galliano

A questão de quem irá assumir o cargo mais alto da Dior tem-se mantido desde expulsão de John Galliano.

Nesta semana estão previstas reuniões em Paris entre diretores da Dior e os advogados de Jacobs, que prepara atualmente em Nova York o desfile de sua própria marca para a Fashion Week de setembro, afirma o WWD. A Dior não fez comentários.

O jornal WWD acrescentou ainda que se Marc Jacobs assumir a Dior, ele deixará a Louis Vuitton e quem entrará no seu lugar, possivelmente, será Phoebe Philo, atualmente diretora criativa da Céline.

Agora basta esperar pela confirmação de Bernard Arnault ou de Marc Jacobs, sem ela os rumores permanecerão apenas “rumores”.

1 comentário

Arquivado em celebridades, moda, mundo

W.E novo filme da Madonna: retrato dos anos 30 e o romance do rei Eduardo VIII

“W.E”, segundo filme da Madonna como diretora, está sendo muito aguardado pelo mundo da moda, da psicologia do amar e do comportamento, afinal de contas é um filme que trata do maior amor real do século XX. O rei Eduardo VIII, herdeiro legitimo por sucessão do trono da Inglaterra, abre mão da coroa por uma plebéia americana, divorciada duas vezes, e entrega o trono a seu irmão George VI, retratado no filme “O Discurso do Rei”, que elevou Colin Firth ao Oscar de 2011 de melhor ator por interpretar brilhantemente o rei inglês gago, pai da atual rainha Elizabeth.

Madonna como diretora

Madonna dirigindo mais um filme

A história do romance escandaloso se passa alternando às histórias de Wally Winthrop (Abbie Cornish, de “Sucker Punch”), na Nova York de 1998, e Wallis Simpson (Andrea Riseborough), amante na década de 1930 do rei Eduardo VIII (James D’Arcy). Wally acredita que o caso entre Wallis e Eduardo é uma linda história de amor, já que o rei abriu mão do trono britânico para ficar com a paixão de sua vida. A garota, no entanto, descobre em suas pesquisas que a vida do casal não era um mar de rosas.

A Weinstein Company, por trás de “O Discurso do Rei” e outros vencedores do Oscar, comprou os direitos de exibição do filme nos cinemas norte-americanos e usará o Festival de Veneza de 2011, que será realizado entre 31 de agosto a 10 de setembro, como plataforma para seu lançamento mundial, e contará com um burburinho aos possíveis indicados ao Oscar.

O filme tem 115 minutos e aproximadamente 61 trocas de roupas e se passa na década de 30, afinal de contas a abdicação acontece em 1936. Para o mundo da moda com sua antecipação voraz e fugaz, já podemos ver a beleza e elegância dos figurinos em algumas fotos do set de filmagem e mais precisamente na Vanity Fair de setembro, tendo um editorial fotografado por Tom Munro e feito com os protagonistas do filme, James D’Arcy e Andrea Riseborough, na West Wycombe House, em Buckinghamshire. Detalhe: Madonna supervisionou o editorial.

Editorial Vanity Fair Setembro 2011

Figurino do filme dirigido por Madonna no editorial da Vanity Fair Setembro

Editorial Vanity Fair Setembro

O nome por trás dos figurinos é Arianne Phillips, que trabalhou nos filmes “Direito de Amar” com Tom Ford e “Johnny e June”, pelo qual foi indicada ao Oscar.

O filme estréia nos Estados Unidos em 9 de dezembro e no Brasil, em 3 de fevereiro de 2012.

Deixe um comentário

Arquivado em celebridades, filme

Louboutin, YSL & Carmen Steffens caso: solas vermelhas!

YSL - Peep Toe Resort Verão 2011

Este é o sapato do caso solas vermelhas que vinha movimentando discussões e questões de criação, identidade e autenticidade nos últimos meses. Quero me explicar melhor: no início deste ano,  a empresa de Christian Louboutin foi a corte federal em Manhattan, Nova York, alegando que  grife Yves Saint Laurent roubou de sua marca e autoria as  solas vermelhas e justificava que este detalhe define um par de Louboutins já há muitos anos.

Porém, semana passada na corte de Manhattan, a limiar de exclusividade da cor vermelha nos solados Louboutin foi negada, alegando que nenhuma marca tem direito de individualização e autenticidade de uma cor, pois a paleta de cores que tem direito universal garantido, assim como uso por todas as marcas.

Christian Louboutin: case de sucesso de marketing e vendas das solas vermelhas

Durante o caso  os advogados  da Yves Saint Laurent argumentaram que os sapatos foram feitos para combinar com outros itens na coleção que  evocam a cor do esmalte chinês.

A mesma Louboutin, vem processando a marca brasileira Carmen Steffens assim que a griffe abriu loja em Paris. Bom, sabemos como vai acabar essa história depois do caso da YSL.


Autenticidade, signos, características são itens que fazem parte da estrutura, do conceito e da construção do DNA de uma marca, mas até onde a cor pode ser chamada de sua, sem precisar parar nos tribunais?

Para ficar nas marcas de luxo vejamos a Tiffany & Co.  que tem um tom de azul especial, chamado de robin egg blue, usado em suas bolsas, caixas, embalagens há anos e, sem dúvida, único, pois a cor transcende com produto, desejo, beleza, sentimento e outras emoções que realizam o sonho de uma jóia Tiffany.

Tiffany&Co

Claro que a cor pode e deve ser um atributo de conceito, assim como a textura dos xadrezes da Burberry, tweed da Chanel e outras características, mas há que se ter comunhão em todos os pontos do produto gerando a emoção do adquirir.

Sapatilha Christian Dior Verão 2011- Trama palha cadeira

 

Bolsa estruturada Stella McCartney Verão 2011- Trama palha cadeira

Design e direitos passarão ainda a conversar, dialogar e resolver muito durante a próxima década, essa história ainda tem muitos próximos capítulos.

1 comentário

Arquivado em calçados, campanhas, celebridades, comportamento, verão 2011/12, vitrines internacionais